Saúde para quem nunca pensou ir para isso: boa ideia?

AnaSofiaPCF

Membro
Matrícula
17 Abril 2017
Mensagens
15
Instituição
FCSH
Bom dia,

Sou uma aluna do último ano de Tradução na FCSH, mas estou um pouco dececionada com tudo no geral. Faço esta pergunta neste momento pois, como venho de Humanidades, teria de fazer o exame de Biologia e, para não perder mais um ano, tentava começar já a estudar. Estive a ver várias hipóteses e encontrei Ortoprotesia na universidade do Alrgave. Chamou-me bastante a atenção, principalmente depois de ver as cadeiras, mas estou com algum receio pois faz parte da área da Saúde. Essa é uma área na qual nunca me vi, mas estupidamente para mim, quando se falava em Saúde pensava em Medicina e Enfermagem, Fisioterapia e pouco mais. Gostava de saber opiniões, se possível até de pessoas que nunca pensaram ir para Saúde e acabaram por se encontrar nessa área, mas qualquer testemunho é útil! Obrigada desde já!
 

joanafc

Membro
Matrícula
27 Julho 2017
Mensagens
61
Olá Anasofia, estou na mesma situação que tu.
Quando andavas no ensino básico, gostavas da disciplina de ciências naturais? Penso que pensares assim te pode ajudar.
 

joanafc

Membro
Matrícula
27 Julho 2017
Mensagens
61
E o que é que te fez querer seguir pela área de saúde? (Sou super parecida contigo, e estou precisamente dividida entre línguas e a área de saúde, apesar de nunca ter tido uma paixão pelas ciências, mas é um caminho mais seguro.)
Em 2014, no segundo ano de um curso de letras, decidi aventurar-me e fazer o mesmo. Comecei a estudar em setembro e em junho de 2015 fiz os exames de matemática A, fq e biologia e geologia. É possível. No que diz respeito às minhas notas de primeira fase, a única que torci o nariz foi a de matemática porque não estava habituada ao ritmo do exame e, apesar do exame de matemática ter sido estupidamente fácil naquele ano, acabei por me atrapalhar e deixar 4 valores por fazer por falta de tempo. Começa já a estudar e tenta manter um ritmo de estudo intenso. Eu no primeiro semestre ainda fiz às UCs da minha licenciatura (o que se revelou útil, porque eu acabei por me arrepender e decidir voltar para o meu curso original), mas o segundo semestre dediquei-me a tempo inteiro aos 3 exames. Se precisares de alguma coisa, não sei se posso ajudar muito pois tenho ideia que entretanto mudaram alguns conteúdos mas podes entrar em contacto comigo ;) A mim sinceramente o que custou mais foi ter de fazer também a parte de geologia, porque eu odiei profundamente aquilo tudo e sabia que não ia usar aquilo em nada ahah A parte de Biologia é gira.
 

joanafc

Membro
Matrícula
27 Julho 2017
Mensagens
61
Muito obrigada pela tua resposta! Confirmaste-me aquilo que já sabia, mas agora tenho a certeza. De facto, as críticas aos cursos de línguas são constantes no que toca à empregabilidade, e isso sempre me deixou muito assustada. Mas agora que me disseste que conheces pessoas que conseguiram emprego na área, talvez seja uma hipótese a considerar. Quem é bom, safa-se, certo? Podias-me só dizer mais uma coisa? O que é que esperas vir a exercer quando entrares no mercado de trabalho?
"Caminho mais seguro" - aí tens a resposta ahah; estar num curso de letras a ouvir que vais estudar para os teus amigos que estão em ciências (a fazer 4 cadeiras por ano com 10) terem emprego e tu não dá cabo da cabeça a qualquer um

Eu a minha ideia no início até nem era saúde (daí eu ter feito os três exames, exatamente porque não sabia bem o que queria, mas sabia que seria algo na área de ciências por isso achei melhor fazer logo os três; para além disso, bases), mas simplesmente algo de ciências porque estava um bocado desapontada com a área das línguas (e humanidades em geral) - sentia que não se aprendia nada de útil (como se sente em qualquer curso) e que estava uma pessoa a esforçar-se três anos para acabar, como muitos gostam de dizer, a fazer trabalhos que só pedem o secundário e pagam o salário mínimo. Agora que entretanto voltei para acabar a minha licenciatura e conheço amigos meus a trabalharem tendo tirado cursos de línguas, digo-te que não é bem assim e que às vezes estás melhor servida com licenciaturas de línguas do que com alguns cursos de ciências, apesar de toda a gente gostar de dizer o contrário - se te esforças, se te atiras para as oportunidades e se és uma boa profissional, as coisas aparecem.

Depois, eu exatamente na entrada para o secundário tinha tido essa dúvida - ciências (e seria na altura para a área da saúde porque nunca ninguém se lembrou de me dizer que engenharia seria uma hipótese) ou línguas + história + literaturas. Acabei por ir para línguas, estava a ter os "blues" do 2.º ano da universidade (anos depois descobri que toda a gente os tem), estava desapontada com a licenciatura, e, como tenho pais liberais que alinharam na brincadeira (nem toda a gente tem o privilégio de poder andar a "brincar"), decidi-me por tentar parar um ano e ver no que dava - das duas uma, ou encontrava de facto uma área que gostava, ou ao menos não estaria a minha vida toda a pensar nos "e se".

Acabei por não gostar muito da área da saúde mais do que curiosidade superficial (já das áreas da física e da química tenho saudades imensas; saúde é aquela coisa que tenho um interesse pela área e ainda agora gosto de falar com amigos meus da área, mas rapidamente descobri que não era algo que queria fazer a vida toda) mas não me arrependo de todo de ter tentado - se estás na situação em que te podes dar ao luxo de perder algum tempo e tentar outras vias, acho que nem que seja como tira teimas, deves fazê-lo. Tenho amigos a começarem licenciaturas aos 25 e que entretanto 3/4 anos depois já trabalham em coisas que verdadeiramente gostam. Agora, ao tentar as outras vias, pensa bem. Se for apenas por saúde ser o "caminho mais seguro", sinceramente, não aconselho. Neste momento poucos são os caminhos seguros, mesmo em áreas que ainda se consideram ser seguras. Eu se pudesse voltar agora atrás ao 9.º ano, pensando nisso do "caminho seguro", se calhar teria ido para ciências e teria tirado uma engenharia, nem seria saúde.
 

Raquelinha

Membro
Matrícula
2 Março 2018
Mensagens
17
Curso
Enfermagem
Instituição
ESSCVP
Boas, quero dizer-te que não és a única....
Tenho 24 anos e até à bastante pouco tempo atrás imaginava-me a fazer tudo menos isto.
Estudei humanidades e pensei que fosse sempre envergar por aí, no entanto o ano passado fiz (por curiosidade) um curso de Tripulante de ambulância de Socorro pelo INEM e em poucos meses apaixonei-me completamente pela área da Saúde. .
Agora, estou a estudar Biologia (que nunca tive antes) para concorrer a enfermagem no ensino superior, e posso finalmente dizer que me encontrei.
Boa sorte.
 
  • Like
Reactions: Lume

joanafc

Membro
Matrícula
27 Julho 2017
Mensagens
61
Boas, quero dizer-te que não és a única....
Tenho 24 anos e até à bastante pouco tempo atrás imaginava-me a fazer tudo menos isto.
Estudei humanidades e pensei que fosse sempre envergar por aí, no entanto o ano passado fiz (por curiosidade) um curso de Tripulante de ambulância de Socorro pelo INEM e em poucos meses apaixonei-me completamente pela área da Saúde. .
Agora, estou a estudar Biologia (que nunca tive antes) para concorrer a enfermagem no ensino superior, e posso finalmente dizer que me encontrei.
Boa sorte.
Olá Raquelinha!
Ainda bem que encontraste a tua vocação!
Se há coisa que aprendi ao longo destes últimos 6 meses super atribulados, mas que finalmente parecem fazer algum sentido, é que a vida nos prega muitas surpresas. Nunca me imaginei num curso de saúde e sempre estive mais inclinada para as línguas, mas agora acho mais do que nunca que a primeira é aquela que mais se enquadra no meu perfil, e que não precisamos de ser algo em definitivo apenas porque gostámos de determinada matéria ou descartar a possibilidade de ser outra coisa qualquer porque existem uma pedras no percurso para lá chegar (falo de certos temas mais aborrecidos de CT, mas que com força de vontade se ultrapassam facilmente).
Ainda só tenho 16 anos e não quero estar com filosofias de vida precoces, mas a verdade é que sinto que cresci imenso nestes últimos meses e que esta experiência, apesar de dolorosa inicialmente, se revelou uma lição muito valiosa.
Concluindo, podemos ter muitas áreas de interesses, como por exemplo a leitura/escrita, mas isso não implica que tenhamos de seguir línguas. O mundo é um baú do tesouro, só que sem mapa para nos ajudar a encontrá-lo. Temos de ser nós próprios a desenhar o nosso mapa. E afinal é essa a magia da vida, o facto de nos levar a descobrir sem ferramentas de apoio o grande universo de áreas e de saber que ela é.
Conseguiste desenhar o teu mapa, a tarefa mais difícil, na minha opinião. Agora resta-te ultrapassar as adversidades que se deparam em qualquer caça ao tesouro, mas que com força de vontade, determinação e confiança se conseguem vencer. Desejo-te muita sorte para esta nova etapa, e que consigas alcançar os teus objetivos!
 
  • Like
Reactions: Raquelinha

marmarfr

Membro Caloiro
Matrícula
18 Novembro 2017
Mensagens
9
Boa tarde,

Há por aqui algum(a) aluno(a) que esteve em Humanidades e agora está num curso de Saúde? Mais propriamente em Enfermagem?
Se sim, como está a ser a vossa experiência? Como estudaram para as provas de ingresso? A adaptação foi fácil?

Obrigada!
 
  • Like
Reactions: a fish

MARIANA-A

Membro Catedrático
Especialista
Medicina & Saúde
Colaborador Editorial
Apoiante Uniarea
Matrícula
22 Abril 2019
Mensagens
2,659
Curso
Medicina
Instituição
FCS-UBI
Eu não vim de um curso de Humanidades para Enfermagem, mas se precisarem de algum esclarecimento relativamente ao curso em si, podem falar comigo ☺
 
  • Love
Reactions: Rafael.
Tópicos Semelhantes
Thread starter Título Fórum Respostas Dia
V Computador para a área da saúde Saúde 1
Hsr Tradução para licenciados em saúde Humanidades, Secretariado e Tradução 0
Joana Abreu FMUP Mestrado em Educação para a Saúde Universidade do Porto 0
D De saúde para artes? Mudança de Curso, Transferência e Reingresso 9
T Inquérito - Saúde psicológica dos estudantes universitários e Covid 19 Geral 0
B Dúvidas sobre Analises Clínicas e Saúde Pública Saúde 0
Sérgio Andrade Sugestão - Saúde Mental Sugestões e Questões sobre o fórum e o site 7
M Cursos na àrea da saúde Saúde 0
M Mestrado Gestão e Economia de Saúde Ciências Económicas e Empresariais 0
L Estudantes universitários - Saúde Mental em tempos de COVID Ensino Superior - Geral 1
V Cursos com melhores saídas na área das ciências e saúde Ciências 2
B Prova de Aptidão Profissional - auxiliar de saúde Ensino Secundário 0
A Licenciatura em Desporto, Atividade Física e Saúde Desporto e Artes do Espetáculo 1
GuilhermeMarques Procuro alojamento perto da Escola Superior de Tecnologia e Saúde de Coimbra Alojamento Universitário 2
B Curso Profissional Técnico Auxiliar de saúde Ensino Secundário 0
D Mestrado Gestão e Economia da Saúde na UC vs. Mestrado em Gestão dos Serviços de Saúde na UTAD Ciências Económicas e Empresariais 1
RitaMadureira Ciências Biomédicas Laboratoriais e Biotecnologia Medicinal- Instituto Politécnico do Porto, Escola Superior de Saúde Ciências 0
Ana Filipa Fonseca Santos Recursos de Cultura Geral - Área da Saúde Saúde 0
Daniel Salgado Cursos de Saúde Saúde 5
Ângela0104 Quero seguir uma profissão ligada a saúde... Concurso Nacional e Locais - Público 1
I Investigação na área de saúde Saúde 1
B Qual o curso de Saúde indicado? Saúde 3
E UAL Curso Administração de Unidades de Saúde Universidade Autónoma de Lisboa 0
voidlessmind Escola e saúde mental Ensino Secundário 0
D Mestrado em Biologia clinica laboratorial vs Analises Clinicas vs Gestao de serviços de saúde Saúde 0
M Gestão em Saúde - Universidade Atlântica Universidade Atlântica 0
M ESTeSL Farmácia - Escola Superior de Tecnologias da Saúde de Lisboa Instituto Politécnico de Lisboa 0
M IPCB Escola superior de saúde Dr Lopes dias Instituto Politécnico de Castelo Branco 0
S Auxiliar de Saúde Saúde 14
C Desporto na Guarda, desporto e atividade física em Castelo Branco ou desporto, condição física e saúde em Rio Maior? Desporto e Artes do Espetáculo 1
C Sei que quero seguir saúde. Mas que curso? Saúde 8
Carli7osousa Curso na área da Saúde Saúde 6
Dianaatigre ESSPPorto Saúde Ambiental - ESS-Porto Instituto Politécnico do Porto 4
Dianaatigre Saúde Ambiental Saúde 6
R A frágil saúde mental de um estudante: desabafos, depressão, ansiedade, ataques de pânico... Geral 102
S ESSEM- Escola Superior Saúde Egas Moniz Privado Politécnico 0
G Ciências da saúde e ciências biomédicas Ciências 1
F ESSPPorto Terapia da Fala - Escola Superior de Saúde do Porto Instituto Politécnico do Porto 0
R De Ciências à Saúde - Tranferências/Reengresso (ajuda) Mudança de Curso, Transferência e Reingresso 0
LordKelvin ENSP Saúde Pública - Escola Nacional de Saúde Pública | NOVA Universidade Nova de Lisboa 1
V FEP Mestrado em Gestão e Economia de Serviços de Saúde Universidade do Porto 2
V ESSPPorto Mestrado em BioInformática e BioEstatística Aplicadas à Saúde (ESTSP) Instituto Politécnico do Porto 3
P Transferência por razões de saúde Mudança de Curso, Transferência e Reingresso 3
Joana Ramalho Coimbra vs Lisboa, Saúde, Universidade vs Politécnico Ensino Superior - Geral 0
A Técnico Superior de Saúde vs Técnico de diagnóstico e terapêutica Saúde 11
E Mestrado em oncobiologia através de Ciências da Saúde Arquivo 1
A Curso Profissional Auxiliar de Saúde Ensino Secundário 14
C ISCSEM Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz 150
slender marie Mestrado na área da saúde Saúde 52
João Diogo ESSPPorto Escola Superior de Saúde - Politécnico do Porto Instituto Politécnico do Porto 449

Tópicos Semelhantes