Sugestões para melhorar o acesso ao ensino superior

Matrícula
25 Setembro 2021
Mensagens
13
Sei que à partida de nada valerá, mas queria escrever a alguém com 'poder' dentro da área do acesso ao ensino superior. É importante manifestar o quão inadequado é o acesso ao ensino superior em Portugal, baseando-se apenas na matemática exata das notas (sendo que , tendo possibilidades, os filhos vão estudar para colégios privados que sobem as notas, enquanto os pobres podem esfolar-se vivos para um 15, já para não falar do desconto de valores que as faculdades fazem a quem vem do ensino profissional equivalente ao secundário), sem olhar à vocação, percurso e motivação dos alunos. O sistema americano - tendo a América muitos defeitos - é bastante mais adequado, com um processo de seleção de candidatos muito mais justo.
É um desabafo. Apenas queria aqui perguntar se sabem a quem posso escrever (DGES, calculo, mas não sei se haverá alguém mais adequado, ministério da educação ou assim). Tenho pouca esperança de que resulte em algo. Mas tentarei. Alguma sugestão?
Obrigada
 
  • Angry
Reactions: Rose-Marie

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,595
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Sei que à partida de nada valerá, mas queria escrever a alguém com 'poder' dentro da área do acesso ao ensino superior. É importante manifestar o quão inadequado é o acesso ao ensino superior em Portugal, baseando-se apenas na matemática exata das notas (sendo que , tendo possibilidades, os filhos vão estudar para colégios privados que sobem as notas, enquanto os pobres podem esfolar-se vivos para um 15, já para não falar do desconto de valores que as faculdades fazem a quem vem do ensino profissional equivalente ao secundário), sem olhar à vocação, percurso e motivação dos alunos. O sistema americano - tendo a América muitos defeitos - é bastante mais adequado, com um processo de seleção de candidatos muito mais justo.
É um desabafo. Apenas queria aqui perguntar se sabem a quem posso escrever (DGES, calculo, mas não sei se haverá alguém mais adequado, ministério da educação ou assim). Tenho pouca esperança de que resulte em algo. Mas tentarei. Alguma sugestão?
Obrigada
Olá @Mariana Silva Costa

Antes de mais sugiro que tentes pesquisar melhor como as coisas funcionam, porque os alunos do ensino profissional não têm qualquer "desconto de valores". Se queres ser levada a sério convém que sejas factual.

Sobre a tua questão, a DGES "apenas" implementa o concurso nacional de acesso. Quem decide o funcionamento do concurso é o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior com os inputs da Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior. Estes dois contactos serão os mais adequados.

Caso queiras fazer algum tipo de carta aberta o Uniarea também está aberto a isso:
 
Matrícula
25 Setembro 2021
Mensagens
13
Obrigada pela resposta rápida.
(Desculpem o texto grande que se segue, mas não conseguir resumi-lo para explicar corretamente a situação)
De facto, não sabia que os alunos do ensino profissional eram 'descontados' nas médias do ensino secundário, até passar por esse processo. Formei-me na Academia Contemporânea do Espetáculo, em Interpretação - curso profissional que equivale ao 12ºano, tendo terminado o secundário com média de 18.1 valores. Quando me candidatei este ano à faculdade de saúde, percebi que na minha ficha enes constava a média de 17.6 no secundário. Fui à secretaria informar-me, e esclareceram-me que, por ser ensino profissional, o ministério descontava 0,5 valores, e que não haveria nada que eu podia fazer. Tendo estudado por 6 meses para fazer este ano o exame nacional de Biologia e Geologia, obtive média (do exame + nota do secundário, 50/50) de 17.1 valores (quando o correto seria 17.35, caso a média do ensino secundário fosse a que realmente obtive, de 18.1). Por pouco não entrei em Fisioterapia, que era o que queria e para o qual me empenhei. Isto porque, já sabemos, as médias dispararam este ano devido ao exame acessível de Biologia e Geologia do ano passado (culpa da pandemia), e por este mesmo fator também muitos alunos copiavam nos testes durante o secundário, não sendo as avaliações presenciais (eles próprios o admitem), o que contribuiu também para o aumento descomunal de várias médias. Isto fez com que muitos alunos com mérito não entrassem onde queriam este ano, e que agora tenham de empatar 1 ano para tentar novamente o caminho para o qual trabalharam e mereciam, ou então resignar-se aonde foram colocados.
Obrigada, contactarei as entidades sugeridas. Apenas fiquei desolada, por aperceber-me de que fui descontada 0,5 valores, que não há nenhuma entrevista, nenhum recurso para avaliar motivações dos alunos, ou o seu percurso. Apenas as notas contam. Quando o mérito, felizmente, não se resume a números. Há um humanismo e motivação que deveria constar na seleção.
Sei que tudo isto é complexo, e seria muito revolucionário daqui mudar alguma coisa. De qualquer maneira, agradeço a ajuda, e comunicar-lhes-ei o que penso que poderia melhorar este sistema.
Novamente, obrigada
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,595
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Fui à secretaria informar-me, e esclareceram-me que, por ser ensino profissional, o ministério descontava 0,5 valores, e que não haveria nada que eu podia fazer.
Há aqui alguma coisa que não bate certo, porque tal regra não existe. Ou tu calculaste mal a tua média do secundário ou a tua escola cometeu algum erro ao emitir a ficha ENES.
 
  • Like
Reactions: Blasty
Matrícula
25 Setembro 2021
Mensagens
13
Há aqui alguma coisa que não bate certo, porque tal regra não existe. Ou tu calculaste mal a tua média do secundário ou a tua escola cometeu algum erro ao emitir a ficha ENES.
Fiquei muito indignada quando soube. Anexei aqui a minha Ficha Enes e o meu certificado de final de curso (com as médias de acesso ao ensino superior na parte inferior da página). Antes deste curso de saúde, em 2019 candidatei-me a Filosofia e também escreveram que a minha média era de 17.6 (Na altura não me incomodei com o assunto porque tinha margem suficiente de média para entrar em filosofia). Este ano, fez-me toda a diferença...
Agradeço a vossa ajuda para perceber a situação, e o que poderei fazer. Deverei escrever uma carta à direção da escola?
Obrigada....
 

Attachments

  • certificado.jpg
    certificado.jpg
    175 KB · Visitas: 18
  • ficha enes.jpg
    ficha enes.jpg
    228.4 KB · Visitas: 18

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,595
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Fiquei muito indignada quando soube. Anexei aqui a minha Ficha Enes e o meu certificado de final de curso (com as médias de acesso ao ensino superior na parte inferior da página). Antes deste curso de saúde, em 2019 candidatei-me a Filosofia e também escreveram que a minha média era de 17.6 (Na altura não me incomodei com o assunto porque tinha margem suficiente de média para entrar em filosofia). Este ano, fez-me toda a diferença...
Agradeço a vossa ajuda para perceber a situação, e o que poderei fazer. Deverei escrever uma carta à direção da escola?
Obrigada....
Mas na altura em 2019 tinhas o exame de português também certo? Porque na altura, com as regras habituais, para efeito de acesso, a CFCEPE (nota do secundário para efeitos de acesso) era calculada tendo em conta 2 exames obrigatórios, o de português, e outro qualquer que o aluno tivesse realizado.

A tua CFCEPE em 2021, no seguimento das regras excepcionais da pandemia, deveria ser apenas as notas internas do curso, logo supostamente deveria ser apenas as notas que tens no primeiro documento. A escola usou os dados de 2019 erradamente.

A emissão errada da ficha ENES podes reclamar junto da escola. Qualquer erro que isso possa ter implicado no concurso nacional de acesso tens de reclamar com a DGES.
 
Matrícula
25 Setembro 2021
Mensagens
13
Mas na altura em 2019 tinhas o exame de português também certo? Porque na altura, com as regras habituais, para efeito de acesso, a CFCEPE (nota do secundário para efeitos de acesso) era calculada tendo em conta 2 exames obrigatórios, o de português, e outro qualquer que o aluno tivesse realizado.

A tua CFCEPE em 2021, no seguimento das regras excepcionais da pandemia, deveria ser apenas as notas internas do curso, logo supostamente deveria ser apenas as notas que tens no primeiro documento. A escola usou os dados de 2019 erradamente.

A emissão errada da ficha ENES podes reclamar junto da escola. Qualquer erro que isso possa ter implicado no concurso nacional de acesso tens de reclamar com a DGES.

Na altura (2018) só fiz o exame de Português. Não precisava de mais nenhum para entrar em Filosofia. Mas a minha média interna era de 18.1 (para acesso à faculdade). Porém, mesmo que usassem a minha média correta de 18.1, a média total (50 do secundário, 50 do exame de bio/geo), seria de 17.35. O último colocado este ano em Fisioterapia, na ESS do IPP, teve média de 17.4. Ou seja, por 0,5 eu não entrava, mesmo assim.
Mesmo nesse caso, a minha indignação residiria no facto de, apesar de vir do ensino profissional e de ter realizado o exame normal de Biologia e Geologia, sendo avaliada em matérias que não me foram lecionadas por aulas, não haver um acesso especial para fisioterapia por partes dos alunos vindos do profissional, em que uma nota, ainda que ligeiramente inferior à do concurso normal, deveria ser assumida tendo em conta o contexto do aluno, e em que uma diferença tão ligeira não deveria impedir esse aluno de aceder onde pretendia.
Post automatically merged:

Na altura (2018) só fiz o exame de Português. Não precisava de mais nenhum para entrar em Filosofia. Mas a minha média interna era de 18.1 (para acesso à faculdade). Porém, mesmo que usassem a minha média correta de 18.1, a média total (50 do secundário, 50 do exame de bio/geo), seria de 17.35. O último colocado este ano em Fisioterapia, na ESS do IPP, teve média de 17.4. Ou seja, por 0,5 eu não entrava, mesmo assim.
Mesmo nesse caso, a minha indignação residiria no facto de, apesar de vir do ensino profissional e de ter realizado o exame normal de Biologia e Geologia, sendo avaliada em matérias que não me foram lecionadas por aulas, não haver um acesso especial para fisioterapia por partes dos alunos vindos do profissional, em que uma nota, ainda que ligeiramente inferior à do concurso normal, deveria ser assumida tendo em conta o contexto do aluno, e em que uma diferença tão ligeira não deveria impedir esse aluno de aceder onde pretendia.
Isto para perguntar: Há algo que eu ainda posso fazer para tentar entrar em Fisioterapia? (Além de tentar a 3ª fase, que carece que probabilidades de colocação)
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,595
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Isto para perguntar: Há algo que eu ainda posso fazer para tentar entrar em Fisioterapia? (Além de tentar a 3ª fase, que carece que probabilidades de colocação)
Este ano só resta a 3ª fase de candidaturas. Alternativamente só no próximo ano.
 

dariodias97

Membro
Matrícula
6 Janeiro 2021
Mensagens
67
Curso
(L) Eng Mec Auto
Instituição
ISEP
Candidataste-te pelo CNA? Há concursos especiais para quem fez o ensino profissional.
 
Matrícula
25 Setembro 2021
Mensagens
13
Candidataste-te pelo CNA? Há concursos especiais para quem fez o ensino profissional.
Olá Dário. Candidatei-me pelo concurso normal, sim. Pelo que vi, a Escola Superior de Saúde não permite alunos vindos do ensino profissional acederem à faculdade. O concurso especial abrange os maiores de 23, os titulares de grau superior e os titulares de diploma de especialização tecnológica (DET). Ou seja, só podia candidatar-me pelo concurso normal. Ou estou enganada?
Obrigada.

Está aqui o link:

 
  • Like
Reactions: dariodias97

dariodias97

Membro
Matrícula
6 Janeiro 2021
Mensagens
67
Curso
(L) Eng Mec Auto
Instituição
ISEP
Olá Dário. Candidatei-me pelo concurso normal, sim. Pelo que vi, a Escola Superior de Saúde não permite alunos vindos do ensino profissional acederem à faculdade. O concurso especial abrange os maiores de 23, os titulares de grau superior e os titulares de diploma de especialização tecnológica (DET). Ou seja, só podia candidatar-me pelo concurso normal. Ou estou enganada?
Obrigada.

Está aqui o link:

Pois é, vi o edital dos concursos especiais do IPP deste ano e nenhuma escola tem concurso para quem veio do profissional. Fisioterapia só tinha 4 vagas M23 e 2 vagas para quem já tem curso superior.
 
  • Like
Reactions: Mariana Silva Costa