Tópico de tudo que é nada

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
12,336
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
A questão não é transformar o interior em cidades. Deus nos livre. Mas é dar a quem lá vive a oportunidade de povoar esse território e de ter uma boa qualidade de vida, com acesso aos bens e serviços necessários a tal. Criação de emprego e de riqueza só beneficiam tanto as regiões como a Nação: cresceremos todos mais e viveremos todos melhor.

Depois de ler esse artigo comprei o livro do sujeito ahah
O problema é que isso tudo junto quase sempre resulta numa cidade, se não for bem estruturado. Temos casos bem sucedidos, felizmente. Não deixo de concordar que é necessário desenvolver as regiões a interior - da forma como estão, não faltarão povoações fantasma, enquanto que no litoral há problemas com a densidade populacional. Mas é difícil equilibrar algo que demoraria muito tempo e que já tem esta tendência há decadas. [O Baixo Alentejo tinha muita população no início do século XX e até meados dos anos 40, mas era uma região paupérrima na mesma, tirando os grandes proprietários.]
 

LBlackMoon

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
27 Fevereiro 2016
Mensagens
3,943
Curso
Direito
Instituição
FDUP
O problema é que isso tudo junto quase sempre resulta numa cidade, se não for bem estruturado. Temos casos bem sucedidos, felizmente. Não deixo de concordar que é necessário desenvolver as regiões a interior - da forma como estão, não faltarão povoações fantasma, enquanto que no litoral há problemas com a densidade populacional. Mas é difícil equilibrar algo que demoraria muito tempo e que já tem esta tendência há decadas. [O Baixo Alentejo tinha muita população no início do século XX e até meados dos anos 40, mas era uma região paupérrima na mesma, tirando os grandes proprietários.]
Ah mas é claro que se as povoações tiverem mais gente, se vão desenvolver. Se houver riqueza, vai haver mais casas; as povoações vão crescer. Isso não tem que ser necessariamente mau. Não podemos é agarrar-nos ao mito salazarista da aldeia maravilhoso e poço de virtudes quando, na realidade, isso não é assim.
Não me importo de ver a minha aldeia maior e com mais habitantes. Não me importo mesmo.
Aponto, aliás, o exemplo de Braga. É a terceira ou quarta cidade do país (não quero ser injusto com o Funchal, que é uma cidade brutal :P ) mas, nos arredores, a 15 minutos, tens aldeias tão fantásticas como a minha.

Desenvolvimento implicará crescimento. Tem é que ser sustentável. É melhor que as nossas vilas e aldeias cresçam, do que permaneçam como estão e fiquem desabitadas e pobres.
 
  • Fabulous
Reactions: Ariana_

sтαяℓιgнт cяιsιs

Membro Catedrático
Especialista
Eng. Informática & Engenharia
Matrícula
14 Abril 2015
Mensagens
1,761
Ainda bem que estão a discutir esta questão, isto é interessante 😛

Creio que no Interior há benefícios fiscais para empresas que lá se instalem. Mas são poucos. Não creio que o Estado consiga atrair para lá gente com pechinchas. No fim das contas, o tamanho do mercado é o factor decisivo. Ninguém está interessado em pagar 0% de IRC no Interior com 1.000 clientes, se nos centros urbanos tiver 100 mil.

Quanto ao artigo, irei ler quando tiver um pouco mais de tempo 🧐
Com que então, estais de férias e não tendes tempo? 🧐😒 Lede imediatamente! 😠

Nunca antes conjugara o verbo ler no imperativo da 2ª pessoa do plural.
 

LBlackMoon

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
27 Fevereiro 2016
Mensagens
3,943
Curso
Direito
Instituição
FDUP
Ainda bem que estão a discutir esta questão, isto é interessante 😛

Creio que no Interior há benefícios fiscais para empresas que lá se instalem. Mas são poucos. Não creio que o Estado consiga atrair para lá gente com pechinchas. No fim das contas, o tamanho do mercado é o factor decisivo. Ninguém está interessado em pagar 0% de IRC no Interior com 1.000 clientes, se nos centros urbanos tiver 100 mil.


Com que então, estais de férias e não tendes tempo? 🧐😒 Lede imediatamente! 😠

Nunca antes conjugara o verbo ler no imperativo da 2ª pessoa do plural.
Os benefícios fiscais têm que deixar de existir; o regime fiscal tem que passar a ser diferente, de forma estrutural! Em Direito, falamos muito no princípio da igualdade, mas esquece-mo-nos de dizer que essa igualdade é uma igualdade material. Isto é, tratar todos por igual não é dar tudo aos mesmos, mas tratar de forma igual aquilo que é igual, e diferente daquilo que é diferente.

Ora, como disse num post anterior, está muito longe de ser a mesma coisa viver no litoral ou no interior. Como tal, o regime fiscal tem que ser diferente: não pode ser como um benefício fiscal, que é uma excepção à regra. Tem que haver uma diferença estrutural. Creio que só assim haverá verdadeira atratividade (e sem por em causa o princípio da igualdade).
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
12,336
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Ainda bem que estão a discutir esta questão, isto é interessante 😛

Creio que no Interior há benefícios fiscais para empresas que lá se instalem. Mas são poucos. Não creio que o Estado consiga atrair para lá gente com pechinchas. No fim das contas, o tamanho do mercado é o factor decisivo. Ninguém está interessado em pagar 0% de IRC no Interior com 1.000 clientes, se nos centros urbanos tiver 100 mil.


Com que então, estais de férias e não tendes tempo? 🧐😒 Lede imediatamente! 😠

Nunca antes conjugara o verbo ler no imperativo da 2ª pessoa do plural.
Uma pessoa já não pode ir a um concerto na paz? 😢 preciso descansar~☆

Edit: o concerto foi awesome e o Ed Sheeran é cute ☆♡
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
12,336
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,959
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,959
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
Pessoas que querem fazer doutoramentos e não têm acesso a bolsas, e a Fundação para a Ciência e Tecnologia financia isto com 200 mil euros 🤦‍♂️


Daqueles projectos que se fazem dentro do meio académico, sem contacto com a realidade de estudo. Duvido que alguma aceleradora/incubadora venha a usar o que quer que seja que resulte disto.
 
  • Like
Reactions: Larissa M

Ana Noronha

👸 das Citações
Especialista
Psicologia & Música
Colaborador Editorial
Apoiante Uniarea
Matrícula
23 Junho 2016
Mensagens
5,787
Curso
Psicologia
Instituição
Iscte

Cenas que encontro no fb e me apercebo que há alguém que conheço que esteve nisto 👀

O Márcio, okay?
Conheço-o há pouco tempo, uma vez que estou na banda onde toco há pouco tempo. Muita gente me contou o quão talentoso ele é e... Devo dizer: consegui ver isso por mim mesma. E ainda bem.
Quando encontrei isto, não me restaram dúvidas de que (1) senti subitamente um orgulho por ele e que (2) realmente terei muito que aprender com ele.
Grande Márcio! 😎
Já agora... Márcio, se alguma vez, por algum motivo, encontrares isto, digo já - obrigada por teres ajudado esta desastrada, no 1º. Dezembro, naquela que foi a minah primeira arruada. 😅
Honestamente, encontrei o link num post de um conhecido no FB, em que referiam a questão toda dos créditos por esta ideia (que na verdade era crédito à pessoa que eu falei ou qualquer coisa assim, sei lá) e afins, mas pronto, que sei eu...
Não, não foi só para ressuscitar o tópico xD mas está feito ahahah
 
  • Like
Reactions: Carla Teixeira

Alfa

Membro Catedrático
Especialista
Matemática
Apoiante Uniarea
Matrícula
2 Agosto 2015
Mensagens
10,638
Demasiado bom para não partilhar aqui:

 

NemoExNihilo

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
5 Agosto 2015
Mensagens
11,938
Curso
Contestação Aplicada
Instituição
Toda e Qualquer Injustiça
Demasiado bom para não partilhar aqui:


Estava muito mais tranquilo há trinta segundos quando não sabia que podiam existir crocodilos em liberdade em Portugal sem ser em Castelo de Bode.
 
  • Haha
Reactions: Teresa P.

Alfa

Membro Catedrático
Especialista
Matemática
Apoiante Uniarea
Matrícula
2 Agosto 2015
Mensagens
10,638
  • Haha
Reactions: Andreia C.

NemoExNihilo

Membro Catedrático
Colaborador Editorial
Matrícula
5 Agosto 2015
Mensagens
11,938
Curso
Contestação Aplicada
Instituição
Toda e Qualquer Injustiça
Esse também não era o que parecia:


Desde que descobri que existem peixes-gato que podem andar em terra, deixei de me sentir muito confortável com os representantes dessa família.
 
  • Like
  • Haha
Reactions: Andreia C. and Alfa

Alfa

Membro Catedrático
Especialista
Matemática
Apoiante Uniarea
Matrícula
2 Agosto 2015
Mensagens
10,638

ExamesFQA

Membro Veterano
Matrícula
21 Fevereiro 2020
Mensagens
152
Olá ☺
Venho só deixar aqui uma recomendaçãozinha de um canal de youtube para quem gosta de animais. É este canal de um abrigo de cães e gatos em Creta - Takis Shelter. O dono é um grego, o Takis, que farta-se de salvar cães e gatos e faz muitos vídeos dos resgates e são todos muito bons. Adoro.
 

davis

Administrador
Equipa Uniarea
Moderador
Matrícula
13 Outubro 2014
Mensagens
23,959
Curso
MEAer + MEGIE
Instituição
Técnico - ULisboa
1593014265999.png


🤷‍♂️