Terminar o 12 ano com disciplina em atraso

Se tivermos os 4 exames com nota positiva e nos inscrevermos no recorrente no ano seguinte para melhorar a média não precisamos de fazer exames para o cálculo da média e acesso ao ensino superior?
 
Não podes "melhorar a média" pelo Ensino Recorrente. Destina-se a quem não concluiu o secundário, ou concluiu e quer fazer um curso secundário diferente. A melhoria de nota faz-se pelos exames.

Quais 4 exames?
O "melhorar a média" está, obviamente, subentendido em fazer um curso diferente no ensino recorrente.
Os 4 exames a que me refiro são os exames necessários para usar como "média interna" na candidatura ao ensino superior pelo ensino recorrente. (Português, disciplina específica desse curso de 3 anos e outros 2 exames à minha escolha)
A minha dúvida é se eu já tiver os exames aprovados este ano me vou ter que inscrever neles outra vez para o ano que vem ou não.
 
Em 2022/23 foi suspensa a obrigatoriedade de realizar os quatro exames finais nacionais. Este ano acredito que vigoram as mesmas regras.

Assumindo um regresso em 2025 às regras de 2019, segundo o respectivo Guia Geral de Exames, para quem já tem um curso de secundário completo, a nota de candidatura pelo Ensino Recorrente é composta apenas pela média desses 4 exames. Ora, usando 4 exames já realizados, o Ensino Recorrente só estaria a "enfeitar", a contornar a nota interna do curso do ensino regular para usar só exames já realizados no âmbito do mesmo. Não me parece ir ao encontro do "espírito da lei", mas acho que o melhor é contactares a DGES e colocares-lhes esta dúvida, já que são eles que elaboram o Guia Geral de Exames, de onde resulta esta questão de interpretação.
 
Última edição:
  • Like
Reactions: Watson
Em 2022/23 foi suspensa a obrigatoriedade de realizar os quatro exames finais nacionais. Este ano acredito que vigoram as mesmas regras.

Assumindo um regresso em 2025 às regras de 2019, segundo o respectivo Guia Geral de Exames, para quem já tem um curso de secundário completo, a nota de candidatura pelo Ensino Recorrente é composta apenas pela média desses 4 exames. Ora, usando 4 exames já realizados, o Ensino Recorrente só estaria a "enfeitar", a contornar a nota interna do curso do ensino regular para usar só exames já realizados no âmbito do mesmo. Não me parece ir ao encontro do "espírito da lei", mas acho que o melhor é contactares a DGES e colocares-lhes esta dúvida, já que são eles que elaboram o Guia Geral de Exames, de onde resulta esta questão de interpretação.
Eu já acabei o secundário há muito tempo, então a minha dúvida era se os exames deste ano já podiam contar ou não porque se não contarem não vale a pena fazer.
Então faço outra questão, a média dos 4 exames é possível melhorar? Ou seja, posso fazer os exames no ano a seguir e melhorar a "nota interna"?
 
então a minha dúvida era se os exames deste ano já podiam contar ou não
Sim.
No ensino recorrente, tens de fazer um curso diferente do frequentado, tendo equivalência às disciplinas comuns. Com algum esforço, consegues fazer em 1/2 anos. A média dos 4 exames é a tua classificação secundário e podes usar exames já feitos.

Então faço outra questão, a média dos 4 exames é possível melhorar? Ou seja, posso fazer os exames no ano a seguir e melhorar a "nota interna"?
O único caso que em que é explicitamente negada a melhoria de nota é em notas obtidas em sistemas estrangeiros, pelo que eu entendo que sim, mas podes confirmar junto da DGES.
 
Última edição:
  • Like
Reactions: Watson