Transferência par instituição/curso - dúvida

Marianamsaldanha16

Membro Caloiro
Matrícula
11 Janeiro 2019
Mensagens
8
Bom dia!

Pretendo fazer a mudança de regime pós-laboral para diurno do meu atual curso superior, para tal irei candidatar-me-ei pela DGES e por mudança par instituição/curso.

Sendo que acabei agora o 1.º ano, se entrar pela DGES, apesar de entrar no "1.º ano", faço logo as equivalências a todas as disciplinas e continuo no 2.º ano. Certo?

Pela mudança par instituição/curso como funcionam as vagas previstas para cada curso? São, por exemplo, 5 vagas. As vagas são: para todos os anos da licenciatura; para o 1.º; 2.º? Ou seja, como é feita a distribuição das vagas e como funcionam?

Desde já, obrigada.
 

Ariana_

Mod Bolinhos
Equipa Uniarea
Moderador
Apoiante Uniarea
Matrícula
26 Junho 2017
Mensagens
11,467
Curso
Estudos de Teatro
Instituição
FLUL
Bom dia!

Pretendo fazer a mudança de regime pós-laboral para diurno do meu atual curso superior, para tal irei candidatar-me-ei pela DGES e por mudança par instituição/curso.

Sendo que acabei agora o 1.º ano, se entrar pela DGES, apesar de entrar no "1.º ano", faço logo as equivalências a todas as disciplinas e continuo no 2.º ano. Certo?

Pela mudança par instituição/curso como funcionam as vagas previstas para cada curso? São, por exemplo, 5 vagas. As vagas são: para todos os anos da licenciatura; para o 1.º; 2.º? Ou seja, como é feita a distribuição das vagas e como funcionam?

Desde já, obrigada.
Olá, Mariana!

Sim, independentemente da via pela qual ingresses no curso, podes sempre pedir as creditações de todas as cadeiras que já tenhas feito. Quanto à questão das vagas, estas costumam corresponder a 10% das vagas do CNAES. Portanto, um curso com 50 vagas, vai ter em princípio 5 vagas para mudança de curso. Para saberes mais dados em concreto, convém consultares o regulamento do concurso de mudança par instituição/curso específico da instituição que frequentas, pois nem todas possuem contingentes para que os alunos fiquem colocados em diferentes anos curriculares. Caso não existam contingentes, em princípio eles assumem que voltas para o 1º ano curricular, mesmo que estejas a fazer já cadeiras do 2º ano. Ou seja, no fundo, estás a completar o curso em mais 3 anos somados ao ano que já frequentaste. Podes sempre tentar contactar os serviços académicos da faculdade e perguntar, caso não existam contingentes, se efectivamente, mudando de regime, se demorarias mais 3 anos a completar o curso ou se, dada a tua situação, seria assumido que transitas para o 2º ano curricular do curso.

Espero ter ajudado, boa sorte! 🤗