Transições de plano curricular nos cursos superiores

Babrun

Membro Veterano
Matrícula
4 Novembro 2017
Mensagens
172
Olá a todos, venho abrir um tópico sobre um tema que (acho eu) nunca vi ser mencionado no Uniarea.
Já aconteceu a algum de vocês ter sido submetido a uma transição de um plano curricular do vosso curso, a meio da frequência do mesmo?
Se a resposta for positiva, gostava de saber o que vos sucedeu. Tiveram que se submeter ao novo currículo, ficando sobrecarregados com uma enorme quantidade de unidades curriculares, como se tivessem algumas dos anos anteriores em atraso (ou seja, foram obrigados a fazer tanto as UCs do vosso ano, como as novas que surgiram com o novo plano, dos anos anteriores)? Foram submetidos ao novo plano de estudos, mas com uma abordagem mais "leve", sendo apenas obrigado a concluir as UCs que vos competiam no vosso respetivo ano, sem sobrecarga de UCs novas de anos anteriores? Ou não foram submetidos às alterações, sendo apanhados a meio, mantendo o vosso plano de estudos original até à conclusão da vossa licenciatura/mestrado integrado?
Neste momento, estou na iminência de sofrer uma transição de plano curricular no curso que frequento, de que não estava nada à espera, sendo que me sinto injustiçada (assim como os meus colegas), pois não concordo em nada com as medidas que mais provavelmente serão tomadas no próximo ano letivo aquando da transição para os alunos, como eu, que serão apanhados a meio. Infelizmente, a opção mais provável de me suceder é a primeira que apresentei (sobrecarga de cadeiras do ano que me competirá concluir na altura, 3°ano, juntamente com outras do 1° e 2° ano, todas ao mesmo tempo).
Gostava que deixassem as vossas opiniões e experiências, pois precisava de desabafar, uma vez que isto me está a deixar de rastos para a sobrecarga injusta a que provavelmente serei sujeita no próximo ano letivo, e para perceber se esta "solução" para uma transição é assim tão comum no ensino superior.