Jovens de 18 anos receberão cheque cultural de 200 euros na Alemanha

Foto de Joshua Earle / Unsplash

Chama-se Kulturpass, vale 200 euros e é a nova proposta do Governo alemão para levar jovens adultos até às artes e cultura ao vivo, depois de dois anos de pandemia. O passe cultural foi apresentado como um “bilhete de Interrail para as artes” ou uma “prenda de aniversário” para todos os que façam 18 anos em 2023.

Poderá ser usado, por exemplo, em cinema, concertos, museus, livros e espectáculos de dança ou teatro, mas não pode ser gasto no Spotify ou na Amazon. “Muitos jovens não puderam experimentar a cultura ao vivo durante dois anos durante o período da pandemia. Queremos inspirá-los para a diversidade e riqueza da cultura no nosso país”, disse a ministra da Cultura da Alemanha, Claudia Roth, em entrevista à rádio BR24.

O cheque vai funcionar através de uma aplicação e não será permitido usar o valor todo num só bilhete. O crédito deverá ser gasto em instituições culturais locais e a própria aplicação vai sugerir livrarias independentes e ficar longe das grandes multinacionais.

O projecto-piloto está orçamentado em cerca de 100 milhões de euros e poderá chegar a 750 mil jovens em 2023, segundo o instituto de estatística nacional. O objectivo será alargar o Kulturpass a maiores de 15 anos, disse a ministra da Cultura.

A medida lembra a iniciativa do Governo espanhol que no início do ano anunciou um abono cultural de 400 euros também para os jovens que atingissem a maioridade (“Bono Cultural”). Em Itália, os jovens recebem 500 euros desde 2016 (“Bonus Cultura”) e, em França, recebem 300 euros desde 2019 (“Pass Culture”).