(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O português Sérgio Costa venceu o Heizer Award 2015 da Academy of Management, o prémio para a melhor tese de Doutoramento do mundo na investigação da inovação nos negócios e empreendedorismo.

O prémio foi entregue na última segunda-feira em Vancouver, ao professor auxiliar convidado na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP).  A sua tese de doutoramento premiada incide na evolução dos modelos de negócio em spin-offs universitárias, tendo em conta o caso da Universidade de Strathclyde, no Reino Unido. O investigador português acompanhou oito spin-offs da Universidade de Strathclyde, realizando cerca de 98 entrevistas, para perceber os mecanismos de alteração do modelo de negócio destas empresas, que começam nas universidades.

“O meu objetivo era abrir o debate e gerar algumas proposições sobre como mudam os modelos de negócio. A minha tese sugere que empresas cujas equipas fundadoras detenham um elevado conhecimento de gestão e de mercado, e possuam elevada experiência em empreendedorismo apresentam, em geral, menos alterações ao modelo de negócio e uma performance superior”, refere Sérgio Costa, em comunicado.

O Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC), onde é investigador, está a desenvolver uma base de dados com a população de todas as spin-offs universitárias portuguesas. Esta iniciativa está a ser articulada com as bases de dados existentes em Itália, Noruega e Reino Unido.

Podes descarregar aqui a tese.