“Não é um bicho de sete cabeças” – Descobre a Licenciatura em Fisioterapia na Escola Superior de Saúde do Alcoitão


Qualidade. Profissionalismo. Exigência. Equilíbrio.

Estas são apenas algumas das palavras usadas para caraterizar o ensino da Fisioterapia na Escola Superior de Saúde do Alcoitão (ESSAlcoitão).

Orgulhosa da sua história, é graças à sua visão ampla e integrada da saúde que continua a caracterizar-se pela elevada qualidade na formação dos alunos, assegurando que a sua prática se enquadre nas atuais prioridades de saúde nacional, bem como nas exigências da prática desenvolvida ao nível europeu.

A licenciatura em Fisioterapia, com a duração de quatro anos letivos proporciona aos futuros fisioterapeutas, as competências necessárias para desenvolver, manter e restaurar o máximo de movimento e de capacidade funcional, a indivíduos e populações e ao longo da vida. Os Fisioterapeutas ajudam as pessoas a maximizar sua qualidade de vida, tendo em conta o bem-estar físico, mental e social. Atuam na prevenção, educação e promoção da saúde, assim como no tratamento/intervenção e na reabilitação.

O curso é sobretudo dedicado às áreas específicas da Fisioterapia, mas caracteriza-se também pela multidisciplinaridade, ao englobar várias áreas científicas, como Ciências Biomorfológicas, Ciências do Comportamento e Desenvolvimento Humano, Ciências do Movimento Humano, Metodologia de Investigação e Gestão e Administração.

De forma a proporcionar a aquisição das competências necessárias ao perfil do Fisioterapeuta, o plano de estudos engloba Unidades Curriculares de várias áreas científicas, tais como Fisioterapia, Ciências Biomédicas, Ciências Sociais e do Comportamento, Metodologia de Investigação, Ciências do Movimento Humano e Organização e Gestão.

O desenho curricular compreende várias estratégias de ensino e aprendizagem, destacando-se a Aprendizagem em Contexto Real (estágio) realizado em hospitais, centros de saúde, clínicas, clubes desportivos, centros de reabilitação, etc. Realizado ao longo do curso, os estágios são orientados por Fisioterapeutas com reconhecida experiência profissional, que constituem o corpo de educadores clínicos, em conjunto com o corpo docente interno do Departamento de Fisioterapia.

A elevada qualidade do ensino, a aposta na internacionalização e na investigação, a vasta oferta disponível para mobilidade no âmbito do Programa ERASMUS+, a qualidade da oferta pós-graduada (pós-graduações, mestrados e cursos breves) e as sólidas taxas de empregabilidade dos seus diplomados, fazem que a ESSAlcoitão seja recomendada por profissionais de saúde das mais diferentes áreas de atuação.

É o caso de Ivo Maurício, licenciado pela ESSAlcoitão, que atualmente é Fisioterapeuta na Federação Portuguesa de Futebol e na FIFA e cujo testemunho podes conhecer aqui:

.

E também o caso do Telmo Marçal, formado pela ESSAlcoitão desde 2020 e que atualmente trabalha como fisioterapeuta num clube desportivo, com quem fomos conversar, pedindo-lhe um testemunho sobre a sua experiência enquanto estudante e tudo o que esta instituição de ensino lhe proporcionou, não apenas a nível académico como profissional.

O que te levou a escolher a Licenciatura em Fisioterapia na ESSAlcoitão?

TM: Quem me conhece sabe que o interesse na fisioterapia surgiu apenas após ter sofrido duas lesões graves enquanto futebolista. Sempre me dediquei aos estudos enquanto jogava e por isso tive a possibilidade de escolher qual o caminho que queria seguir na minha vida, e foi aí que surgiu a vontade de ser Fisioterapeuta. Fiz uns contactos e li algumas opiniões e a opinião foi unânime: fisioterapia é em Alcoitão.

Qual é a tua maior conquista, enquanto estudante da ESSAlcoitão?

TM: A maior conquista foi sem dúvida alguma ter-me licenciado em Fisioterapia em 4 anos fantásticos. Com dedicação e esforço para conciliar a vida académica com a minha vida pessoal/desportiva e associativa. Tive oportunidade de ser Presidente da AEESSA e Vice-Presidente da Associação Académica de Lisboa (AAL) o que me trouxe mais capacidades a nível de gestão, criatividade e organização de projetos e entidades, que agora na minha carreira fazem de mim um profissional mais capaz e organizado nos meus objetivos.

Fala-nos um pouco sobre a tua experiência enquanto estudante de Fisioterapia, durante a pandemia.

TM: A pandemia surgiu quando estava prestes a terminar a licenciatura. Nessa altura, felizmente, já tinha terminado todas as unidades curriculares práticas e todas as horas de estágio, por isso foi mais fácil adaptar à nova realidade virtual, uma vez que apenas tinha os últimos trabalhos individuais e em grupo para terminar.

Para além de todas as atividades ligadas ao ensino e prática da Fisioterapia, o que é que um futuro aluno pode encontrar na ESSAlcoitão?

TM: Na ESSAlcoitão, para além de todos os aspetos já conhecidos pela história e prestígio da faculdade, os novos alunos podem encontrar pessoas fantásticas que ajudam na integração de todos, colaboradores, professores, alunos tem um ambiente muito familiar. O Desporto Universitário, as festas académicas e a Praxe são também ótimas formas de conhecer novas pessoas e fazer amizades para a vida.

Em relação à empregabilidade, sentiste dificuldades na integração no mercado de trabalho? Sentes que o curso te permitiu desenvolver capacidades e conhecimentos para seres um excelente profissional?

TM: Não senti dificuldades pois sempre fui muito atento ao estado político e económico do país e do setor da saúde. Sabia que havia várias propostas de emprego, mas muitas delas muito mal remuneradas. Algumas até com valores absurdos para um profissional de saúde mesmo que seja um recém-licenciado. Eu pessoalmente rejeitei todas essas propostas porque felizmente consegui desde logo entrar no mundo do futebol (que era o meu objetivo) e dedicar-me ao meu trabalho privado. Eu acredito na fisioterapia individualizada e específica mesmo que tenha de pagar mais enquanto futuro diretor clínico aos meus colegas. Se é a melhor forma de ganhar dinheiro? Não sei… mas é na fisioterapia privada e específica que eu quero trabalhar após terminar a minha carreira enquanto fisioterapeuta no futebol, que ainda há pouco começou!

O que gostarias de dizer a um futuro aluno de Fisioterapia na ESSAlcoitão?

TM: Aproveita todos os momentos, ouve com atenção todas as palavras de cada professor. Cada um deles vai te ensinar algo diferente. Questiona os quando não fores da mesma opinião, não tenhas medo do diálogo e da discussão! Discutir investigar e querer ser melhor faz parte da Fisioterapia.

Diverte-te em todos os momentos de festas académicas, há tempo para tudo, o curso requer muito estudo e dedicação, mas não é um bicho de sete cabeças.


Conhece também o testemunho de Micaela Ferreira, licenciada pela ESSAlcoitão, profissional da Fisioterapia:


Finalmente, temos o testemunho da Rafaela Sousa, licenciada pela ESSAlcoitão em Fisioterapia, atualmente a trabalhar na área da reabilitação do pavimento pélvico:

.

Se gostaste do testemunho do Ivo, do Telmo, da Micaela e da Rafaela, e achas que Fisioterapia é o curso certo para ti, nós podemos garantir-te que as candidaturas também não são um bicho de sete cabeças.

A partir de dia 5 e até 20 de agosto, podes realizar aqui a tua candidatura e ficar a par de todos os documentos necessários para seres o próximo estudante da ESSAlcoitão. Vais mesmo querer perder esta oportunidade?

Artigo elaborado em parceria com a Escola Superior de Saúde do Alcoitão.