O concurso da FCT tem 1450 Bolsas de Investigação para Doutoramento para atribuir em 2022

Foto de Becca Tapert / Unsplash

A FCT abre o período de candidatura ao Concurso de Bolsas de Investigação para Doutoramento 2022 amanhã (8 de março). Este concurso prevê a atribuição de 1450 bolsas, o período para a submissão de candidaturas decorre até 7 de abril, até às 17h00 de Lisboa, e as candidaturas são submetidas eletronicamente no portal myFCT.

A edição deste ano do “grande concurso de bolsas FCT” tem como novidade a abertura de uma linha específica de financiamento para bolsas de investigação cujos planos de trabalho decorram total ou parcialmente em entidades não académicas, designadamente em empresas, laboratórios colaborativos, centros de tecnologia e inovação, centros de interface tecnológico, entidades da administração pública ou entidades do terceiro setor. Neste âmbito, as atividades de investigação podem ser realizadas em colaboração com entidades académicas, promovendo-se a cooperação institucional.

O Concurso de Bolsas de Investigação para Doutoramento é dirigido a alunos já inscritos num ciclo de estudos conducente à obtenção do grau académico de doutor ou então candidatos que satisfaçam as condições necessárias para se inscrever e que pretendam desenvolver atividades de investigação conducentes à obtenção desse grau em todas as áreas do conhecimento. As bolsas poderão decorrer em Portugal, no estrangeiro ou em ambos os quadrantes, designadas de bolsas mistas, e têm um máximo de 48 meses de financiamento.

A Formação Avançada é um vetor essencial para um Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia de excelência com renovada massa crítica, rejuvenescido e criativo. Atualmente, a FCT tem mais de 7200 bolsas de doutoramento em execução. Só em 2021 foram iniciadas mais 2800 novas bolsas. O apoio da FCT na área da formação avançada corresponde a um investimento anual de cerca de 100 M€.