(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

A organização da conferência global de tecnologia Web Summit anunciou esta semana a abertura das candidaturas aos bilhetes de acesso ao evento para estudantes universitários, que ao contrário de anos anteriores são completamente gratuitos.   

A Web Summit de 2020 deverá contar mais de 100 mil visitas – e todos elas terão de assistir às diferentes conferências através da Internet. A organização da mostra de inovação confirmou, em comunicado, que decidiu realizar a edição deste ano apenas e só na Internet, depois de consultar o governo português e o município de Lisboa. O evento decorre exclusivamente na Internet entre 2 e 4 de dezembro.



No evento são esperados 800 oradores, que vão fazer as suas palestras em videoconferência. Entre os nomes mais conhecidos, figuram Eric Yuan, diretor executivo da Zoom, Magrethe Vestager, vice-presidente da Comissão Europeia, o ator Chris Evans, Mike Schroepfer, diretor de tecnologias da Facebook, entre outros.

A edição de 2020 vai estrear um canal exclusivo para Portugal, que deverá contar com a participação de líderes de startups nacionais, investigadores e representantes do sector académico e ainda apontamentos relacionados com a história e a cultura portuguesas. Também se prevê a realização de iniciativas relacionadas com Lisboa, Capital Verde Europeia 2020, Women in Tech, e programação em código aberto.

A Web Summit informa ainda que, no âmbito do programa Inspire, vai oferecer 50 mil acessos grátis para a conferência a 50 mil estudantes universitários e profissionais de startups que tenham interesse em lançar ou participar em negócios em Portugal. O que leva a crer que metade da assistência possa vir dessas ofertas.

Podes fazer já a tua candidatura a um destes bilhetes gratuitos neste link. Deves inserir o teu e-mail universitário, sendo essa a forma como os bilhetes irão ser validados.