Polémica da Viagem de Finalistas

Acredito que praticamente toda a gente já saiba da mítica expulsão de um grupo de alunos num hotel durante viagem de finalistas (até porque não passa outra coisa na comunicação social) contudo, não consegui ficar indiferente a esta notícia que gerou uma grande polémica em tudo o que é rede social.

Primeiro de tudo, uma viagem de finalistas é uma viagem de finalistas e como tal envolve as clássicas bebedeiras, estragos nos hotéis, vómito por todo lado, festas até ao amanhecer, entre muitas outras coisas. O que eu acho é o seguinte, o principal objectivo deste tipo de viagens é a diversão, tentar aproveitar ao máximo tudo aquilo que aquela semana nos pode oferecer! Contudo existem limites que não devem ser ultrapassados… é óbvio que os estudantes se sentem mais livres e independentes numa viagem de finalistas, eu também senti isso na minha, no entanto não é por estar longe do meu país que fazia tudo o que me vinha à cabeça.



Depois existe ainda o ponto de vista dos hotéis que se disponibilizam para receber os finalistas, estes deveriam ser os primeiros a saber que os alunos vão para lá fazer tudo menos “portarem-se bem”. Achei ridículo a expulsão dos alunos portugueses do hotel, primeiro porque o que consta é que o hotel não cumpriu com aquilo que estava estabelecido no contrato e segundo, porque acredito que o dinheiro das cauções seja mais do que suficiente para cobrir os estragos provocados. É claro que não fico orgulhoso dos “atos de vandalismo” feitos no hotel, acredito até que alguns tenham sido bastante graves mas como disse anteriormente, a caução deveria cobrir isso tudo sem necessidade de expulsão. Só tenho pena daqueles alunos que não foram responsáveis pelos estragos e tiveram de vir embora na mesma porque “por uns pagaram todos”, o que não está de todo correto.

Para aqueles que ainda podem vir a participar numa viagem de finalistas, o meu conselho é que aproveitem ao máximo mas que também pensem nas consequências que por vezes podem ser muito graves, portem-se mal mas não “muito mal”, façam com que seja uma semana inesquecível principalmente por bons motivos!

Colabora!

Este texto faz parte de uma série de textos de opinião de alunos do ensino secundário e superior sobre a sua visão do ensino e da educação.

Gostavas de publicar um texto? Colabora connosco.