Portugal tem quatro mestrados em gestão entre os melhores do mundo


Há quatro escolas de gestão em Portugal entre as melhores do mundo. No ranking de 2021 elaborado pelo “Financial Times” (FT), onde se encontram as 100 mais reputadas do globo, encontram-se mestrados nas universidades Nova, Católica, ISCTE e do Porto.

A conceituada tabela do jornal britânico, divulgada esta segunda-feira, coloca a Nova School of Business and Economics (Nova SBE) em primeiro lugar entre estas quatro, na 23ª posição melhores mestrados internacionais de Gestão em todo o mundo. Ainda assim, trata-se de uma queda quando comparado com o lugar que ocupou nos anos de 2020 e 2019: 16º e 22º, respetivamente.

“A atual posição não só destaca a Nova SBE como a escola de negócios número um em Portugal, mas coloca-nos no top 25 das melhores escolas de negócios do mundo, realçando o nosso posicionamento além-fronteiras patente, por exemplo, na atratividade da escola para alunos internacionais. Ilustrativo disso é também a posição que arrecadou como a 14.ª escola no mundo com melhores oportunidades de carreira internacional”, comenta o dean da Nova SBE. “Estes resultados motivam-nos a continuar a trabalhar, fiéis à nossa missão e ao desejo de atrair o melhor talento e estimular o potencial da nossa comunidade além de Portugal, para alcançar os objetivos a que nos propomos”, conclui Daniel Traça.

Ainda entre os 50 melhores mestrados, em 45º lugar a par com a Escola de Negócios de Copenhaga, fixa-se a Universidade Católica School of Business and Economics com o seu mestrado internacional em Gestão. É também um deslize, dado que havia ficado em 44º lugar em 2020 e 37º em 2019.

Em 86º lugar, e completando o pódio nacional, surge o mestrado em Gestão de Empresas da Iscte Business School (IBS), que dois anos depois volta a estar neste ranking – e com uma pontuação mais alta, uma vez que em 2019 havia ficado na 93ª posição entre as 100 universidades.

“Os resultados do FT são mais uma evidência do compromisso da Iscte Business School com os estudantes e com aquelas que são as necessidades das empresas e organizações. Através da produção e partilha de conhecimento, criamos quadros extremamente qualificados que se irão tornar ativos importantes no mercado de trabalho”, afirmou a diretora da Iscte Business School. “Iremos continuar a trabalhar para posicionar a Iscte Business School como uma escola de referência na área de gestão”, garantiu ainda Maria João Cortinhal.

Por fim, está o mestrado em Gestão da Universidade do Porto – School of Business and Management, a fechar a representação portuguesa no ranking com a conquista do 98º lugar. É uma estreia quando se observa os resultados dos últimos anos.

A University of St Gallen (Suíça), a HEC Paris (França), a University College Dublin: Smurfit (Irlanda), a London Business School (Reino Unido) e a Rotterdam School of Management (Países Baixos) são as cinco universidades melhor posicionadas no ranking deste ano.

A avaliação tem por base 18 indicadores que qualificam as escolas em três principais categorias de análise: progresso de carreira dos alumni, diversidade da escola e experiência internacional e investigação, bem como o critério extraordinário de apontamentos adicionais, incluídos para aferir elementos diversos que complementam a qualidade do estabelecimento/curso.