Pré-requisitos 2021: as 5 coisas que tens de saber


Com a divulgação do Guia Geral de Exames 2021, ficaram disponíveis as informações relativas aos Pré-requisitos para a candidatura ao ensino superior 2021/2022. Caso concorras a determinados cursos é importante que leias com atenção esta informação, ou mesmo que realizes as provas de ingresso pedidas, verás a tua candidatura anulada. Mas vamos por partes.

1. O que são Pré-Requisitos?

Os Pré-requisitos são condições de natureza vocacional, física e funcional que são exigidos para o acesso ao ensino superior de determinados cursos. Cada instituição de ensino superior decide se este é necessário para cada um dos seus cursos e qual é o mais adequado.

2. De que formam influenciam a candidatura?

Os pré-requisitos podem ser de três tipos:

  1. Exclusivos para a seleção dos candidatos: são eliminatórios, tendo como resultado Apto ou Não apto e não interferem no cálculo da nota de candidatura.
  2. Seleção e seriação: têm como resultado Apto, com um resultado de 100 a 200 que será considerado no cálculo da nota de candidatura ou Não apto.
  3. Exclusivos para a seriação: têm o seu resultado numa escala de 0 a 200 e são também considerados no cálculo da nota de candidatura.

3. Como se realizam? 

A comprovação dos pré-requisitos que exigem a realização de provas de aptidão vocacional, física e funcional é realizada através da Ficha de pré-requisitos, a emitir pelas instituições de ensino superior que os realizam. É o caso dos pré-requisitos dos Grupos C, H, I, K, M, R, S e Z.

Depois indicarás no formulário da candidatura on-line ao concurso nacional de acesso ao ensino superior um código de ativação, que constará nessa ficha, que comprova que o realizaste. Alternativamente, poderás entregar essa Ficha diretamente caso estejas a concorrer ao ensino superior através de outras formas de acesso.

A satisfação dos pré-requisitos que não exijam provas de aptidão vocacional, física e funcional e que sejam de comprovação meramente documental, são entregues pelos candidatos na matrícula e inscrição no ensino superior, na instituição de ensino superior que os exige. Isto aplica-se aos pré-requisitos dos Grupos A, B, D, E, F e Q. Se estás nesta situação não precisas de tratar disto já e não fazes a inscrição no prazo em baixo.

4. Em que datas?

  • De 29 de março a 19 de abril 23 de abril: Inscrição para a realização da 1ª chamada;
  • Até 30 de junho: realização dos pré-requisitos – 1ª chamada.

As instituições podem realizar uma segunda chamada cujas datas de inscrição e de realização decorrerá em calendário a propor pelas instituições de ensino superior.

5. Que cursos exigem Pré-requisitos? E em que consistem?

Podes encontrar uma lista dos cursos que exigem pré-requisitos para a candidatura ao ensino superior deste ano, bem como a descrição de cada um deles no site da DGES.

Em cada uma das páginas dos cursos no Índice de Cursos da DGES também encontras a informação se o curso pede ou não algum pré-requisito, antes da informação sobre as Provas de Ingresso. Podes ver um exemplo em baixo:

Se não aparece nenhuma informação significa que o curso não exige nenhum.

Em breve será também disponibilizada uma Deliberação da Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior que fixa os pré-requisitos exigidos para a candidatura à matrícula e inscrição no ensino superior no ano letivo de 2021-2022 com mais detalhes.