Foto de Brooke Cagle / Unsplash

(Re)Conhece o teu trabalho antes de ires para o mundo laboral


Já pensaste na quantidade de vezes em que te desvalorizaste profissionalmente? É verdade! É um erro comum, principalmente quando saímos da licenciatura/mestrado sem experiência e vamos para um mundo que é, para muitos, desconhecido.

Para que possas reconhecer os teus potenciais, deves começar a disciplinar-te, seja em casa, no ginásio, num parque. Não importa o lugar! Importa, sim, que te disciplines em termos de estudo, horários, desenvolvimento de study cases e mesmo a nível dos teus gostos pessoais.

Alguns truques para quando entramos no mundo laboral passam por sermos verdadeiros, mostrarmos o nosso lado mais humano, filtrarmos muito bem o que queremos fazer profissionalmente e enviar o máximo de currículos para que possamos ser chamados.

A falta de reconhecimento prejudica-nos. Mesmo que não nos apercebamos – o que é normal, pois somos pré-formatados para seguirmos um padrão social – temos de combater isso mesmo. Uma sugestão para ganhares esse reconhecimento é fazeres algum tipo de voluntariado ou participar em ações de sensibilização. E como podes fazer isso? Inscrevendo-te em associações e projetos a pro bono.

Após perceberes qual é o foco que queres ter para entrares numa área específica, deves desenvolver ao máximo as tuas competências, até porque na licenciatura e/ou mestrado não as desenvolves totalmente.

Eu sei que é angustiante quando vemos ofertas de trabalho onde procuram alguém “com 2 a 3 anos de experiência”. Mas a verdade é que tu não tens essa experiência. Não porque não sejas capaz, mas porque não existiram, ainda, oportunidades para a ganhares.

Valoriza e respeita o teu trabalho para que possas alcançar realmente, e em pleno, o patamar que desejas.

Todos nós devemos começar a evoluir por iniciativa própria e não apenas porque é necessário para uma vaga de emprego!

Com colaboração de Ana Rita Gomes – profissional de Turismo

Colabora!

Este texto faz parte de uma série de textos de opinião de alunos do ensino secundário e superior sobre a sua visão do ensino e da educação.

Gostavas de publicar um texto? Colabora connosco.