(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Estão abertas as candidaturas ao Programa de Bolsas +Perto, uma iniciativa do Banco Santander Totta, em parceria com a residência Livensa Living Porto Campus, que prevê a atribuição de um máximo de 40 bolsas a estudantes do Ensino Superior deslocados a mais de 50 quilómetros de casa.

As bolsas destinam-se a apoiar financeiramente as despesas com o alojamento na referida residência, localizada na Rua Doutor Manuel Pereira da Silva, em Paranhos, junto ao polo universitário da Asprela.



São elegíveis estudantes com idades entre os 17 e os 23 anos, que ingressem no primeiro ano ou reingressem no Ensino Superior no ano letivo 2019/2020, cuja média de entrada não seja inferior a 14 valores (no caso de ingresso pela primeira vez) ou com média no ano anterior não inferior a 12 valores (no caso de reingresso).

É ainda condição obrigatória a inscrição em pelo menos 36 ECTS e um rendimento anual, pessoal ou familiar per capita, inferior a 25 vezes o valor do Indexante de Apoios Sociais.

Para conseguir a bolsa é ainda exigido ao candidato que seja um estudante deslocado a mais de 50 quilómetros da sua residência, face ao “campus onde é lecionado o curso”.

Na fórmula de avaliação, o que mais pesa é a condição económica do candidato (50%), seguindo-se o mérito académico (35%) e a distância geográfica (10%). Os estudantes têm ainda de escrever uma carta de motivação.

O programa assegura ao bolseiro a comparticipação do pagamento da mensalidade durante dez meses na residência – de outubro de 2019 a julho de 2020 – em quarto duplo e o pagamento da taxa de reserva. Do montante mensal, caberá ao estudante o pagamento de 100 euros. O remanescente será assegurado pela bolsa.

As candidaturas abriram esta quinta-feira e prolongam-se até ao dia 16 de setembro na página do programa, onde está também disponível informação mais detalhada sobre as bolsas.