(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

E, de repente, já sou finalista. A melhor maneira que encontro para definir este momento consiste numa mistura de sentimentos entre a ânsia de acabar o curso e a saudade (que já se começa a fazer sentir!).

Recordo-me bem do meu primeiro ano de faculdade. Novos colegas que se tornaram em amigos, novos professores, novas cadeiras… Uma nova etapa. A verdade é que tive a sorte de ser integrada na praxe. Tive a sorte de ter direito à praxe: tradição que hoje honro e que me ensinou a amar e a defender a minha faculdade e o meu curso.



Enquanto caloira, foi-me transmitido um conjunto de valores que sei que me acompanhará para o resto da vida. E ninguém melhor para mos transmitir que a minha madrinha: madrinha que escolhi para me acompanhar e guiar durante o meu percurso académico e que acabou por se tornar numa amiga para a vida!

Hoje, já compreendo o que é ser madrinha e tudo se torna mais difícil e desafiante. Num bom sentido: nós, madrinhas e padrinhos, temos o dever de fazer dos nossos afilhados caloiros e doutores exemplares. Protegê-los e transmitir-lhes aquilo que nos foi ensinado. Comprometemo-nos a estar presentes nos bons e nos maus momentos. O que torna isto difícil é o facto de os vermos a crescer e sabermos que o nosso adeus fica cada vez mais próximo. No entanto, o sentimento de orgulho é constante. Saber que o nosso legado fica bem entregue e que a tradição que nos acolheu continuará a acolher os próximos.

São imensas as memórias que criamos nestes 3 anos, que passam a correr. É um privilégio ser-se universitário. A todos os meus colegas finalistas, obrigada. Seguimos juntos nesta nova etapa, na qual estaremos preparados para dar o melhor de nós ao mundo. Aos meus afilhados, desejo toda a sorte: e fiquem com a certeza de que ganharam uma madrinha para a vida!

De uma finalista….. Até já. 

Colabora!

Este texto faz parte de uma série de textos de opinião de alunos do ensino secundário e superior sobre a sua visão do ensino e da educação.

Gostavas de publicar um texto? Colabora connosco.