Já está disponível o carregamento gratuito dos passes Andante para estudantes

Foto de JOSE FERREIRA na Unsplash

O número de passes Andante gratuitos para estudantes até aos 23 anos já ultrapassou os oito mil na última semana, segundo números adiantados esta quarta-feira à Lusa pelo agrupamento gestor do sistema de bilhética da Área Metropolitana do Porto (AMP).

Entre 20 e 26 de dezembro, foram já carregados para o mês de janeiro de 2024, cerca de 8.300 Passes Andante Estudante gratuitos, sendo que 300 são novos clientes”, pode ler-se numa nota de imprensa enviada hoje pelo TIP – Transportes Intermodais do Porto, agrupamento complementar de empresas (ACE) que gere o sistema Andante.

De acordo com o TIP, os estudantes representam “aproximadamente 30% do universo dos clientes de Passe Andante prevendo-se agora um aumento significativo desta percentagem pela implementação da medida de gratuitidade contemplada no Orçamento do Estado”. Em causa está a gratuitidade dos passes para crianças e jovens estudantes entre os 4 e 23 anos, que entrará em vigor a partir de janeiro.

Estão também abrangidos pela medida alunos em cursos com ciclo de estudos integrado, designadamente Arquitetura e Urbanismo, Ciências Farmacêuticas, Medicina, Medicina Dentária e Medicina Veterinária, bem como estudantes de cursos médios ou profissionais. “Atualmente existem cerca de 130 mil passes Andante relativos crianças e jovens até aos 23 anos, sendo que destes, cerca de 33 mil já beneficiavam da gratuitidade, através dos passes Sub13”, revelou o TIP à Lusa.

O carregamento está disponível desde 20 de dezembro, nas lojas Andante, bilheteiras CP com venda Andante, agentes Payshop, pontos de venda Andante dos municípios e máquinas de venda automática nas estações de metro e da CP. “Durante o mês de janeiro, o carregamento gratuito será também uma realidade na rede Multibanco”, refere o TIP.

Embora o passe seja gratuito, o seu carregamento é mensal, mas o TIP garante que “já estão a ser realizados desenvolvimentos para que estes Passes, nomeadamente os atuais Sub23, possam vir a ser carregados anualmente”. Já os novos clientes poderão adquirir o passe “num dos 66 Postos de Atendimento distribuídos pelas lojas Andante, bilheteiras CP e Pontos de Venda dos Municípios”, bem como online, através do Portal Andante ou das plataformas estudante.tip.pt (alunos da UP e IPP) ou Domus (alunos do IPP).

Quanto aos alunos até aos 18 anos, ficam agora dispensados de fazer prova de inscrição num estabelecimento de ensino apresentando a declaração 4_18, “necessitando apenas de apresentar o documento de identificação que comprove que a idade é inferior a 19 anos”. “Já os estudantes com idade compreendida entre os 19 e os 23 anos, têm de comprovar a frequência escolar através de documento da escola/faculdade, de qualquer grau de ensino, e apresentar o documento de identificação. Esta condição terá de ser renovada anualmente”, refere o TIP.

O preço dos restantes passes não sofrerá aumentos em 2024, conforme aprovado no Orçamento do Estado para 2024, mantendo-se os preços de 30 euros para o Andante 3Z ou Municipal – para deslocações em 3 zonas ou dentro de um só município – e 40 euros para o Andante Metropolitano. Quanto aos bilhetes ocasionais Andante, vão aumentar cerca de 6,43%, algo decorrente da aplicação da Taxa de Atualização Tarifária, informou hoje a AMP, aguardando-se a fixação da tabela de preços para 2024.