(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O ranking do “Financial Times”, que seleciona os melhores mestrados em gestão a nível mundial, volta a incluir três escolas portuguesas. Tal como aconteceu em 2018, a Nova School of Business & Economics (SBE), a Católica-Lisbon e a ISCTE Business School integram a lista da publicação britânica.

A Nova SBE tem dois mestrados listados no ranking. O “Mestrado Internacional em Gestão” é o que mais sobe, saltando da 30.ª posição de 2018 para a 22.ª. Mais acima na tabela, embora com uma subida menos acentuada, encontra-se o “Mestrado Internacional em Gestão da Aliança CEMS”, que ascende do nono para o oitavo lugar.



A Católica, que partilhava o 30.º lugar com a Nova SBE, desceu para a 37.ª posição e a ISCTE Business School também baixou do 77.º para o 93.º lugar.

A lista de 2019 inclui diversos critérios como a empregabilidade, a progressão na carreira, o nível salarial dos antigos alunos e o equilíbrio de género.

A publicação britânica volta a atribuir o primeiro lugar à Universidade de St. Gallen, na Suíça. A HEC Paris e a London Business School ocupam o segundo e terceiro lugares, respetivamente.