Tal como podemos ler na página do Facebook da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), “parece uma história saída de um filme, mas é bem verdadeira e aconteceu na FEUP! Em setembro, centenas de estudantes do Mestrado Integrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (MIEEC) receberam um email anónimo com a oferta do pagamento das propinas ao primeiro aluno que respondesse àquela mensagem. Um estudante do 5.º ano respondeu e, cerca de 10 minutos após a troca de e-mails, verificou que as propinas anuais tinham sido pagas.

Esta história é contada em detalhe numa reportagem do Canal Superior, que refere que o aluno apenas precisou de fornecer a sua referência Multibanco na resposta ao estranho e-mail.

“O que é engraçado é que, de toda a gente com quem eu falei, ninguém levou a sério” – Vinícius Ginja.



Vinícius Ginja, estudante do 5º ano do MIEEC, é o sortudo que está no centro desta história. Quanto recebeu o e-mail estava a realizar um trabalho para um estágio que estava a frequentar. O autor da mensagem afirmava ser um antigo estudante do curso, disposto a fazer um «ato de solidariedade» a um dos alunos.

O aluno acreditou na veracidade do e-mail e enviou logo os seus dados, tendo uma resposta 5 minutos depois a dizer que as propinas seriam pagas nesse dia, o que se acabou por confirmar. “O que é engraçado é que, de toda a gente com quem eu falei, ninguém levou a sério”, afirmou Vinícius, na reportagem. Não obstante a tentativa de realizar um agradecimento pessoalmente, a pessoa preferiu manter-se anónima.

Uma vez que já possui bolsa, o aluno irá aproveitar este valor para pagar as despesas associadas à realização de um estágio/tese numa empresa holandesa no próximo ano.

O Natal parece ter chegado mais cedo a este aluno da FEUP, que inspirado neste gesto espera poder fazer algo semelhante no futuro.