(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Bem, eis que chegámos à última semana de aulas, aquela em que normalmente estaríamos todos eufóricos e nostálgicos ao mesmo tempo, aquela em que nos iria trazer alegria e tristeza, aquela semana onde supostamente aproveitávamos para nos divertir e passar os últimos momentos antes dos exames com os nossos amigos.

Mas, estamos no ano de 2020 e a realidade é diferente dos outros anos. Imaginei o final da minha escolaridade obrigatória muitas vezes mas sou sincera que nunca o imaginei longe de tudo e de todos, pelo menos nunca desta maneira tão injusta.



Não tivemos direito a viagem de finalistas, não tivemos direito a baile de finalistas, não tivemos direito a festa de final do ano para nos despedirmos do pessoal em condições. Parece que em Setembro iremos voltar novamente, todos juntos, para mais um ano igual a tantos outros, quando na verdade este foi o finalizar de um capítulo. Em Setembro irá abrir um novo capítulo das nossas vidas, aliás, arrisco-me a dizer, O capítulo da nossa vida.

2020 foi o ano que, acho eu, toda a gente achava que ia ser aquele ano! Mas que, 6 meses depois, todos nós desejamos que isto tudo não passe de um pesadelo. Mas não é! É bem real! Este ano tem sido bastante injusto para alguns de nós, mas pensando pelo lado positivo, tivemos mais tempo para estudar para exames, tivemos a possibilidade de escolher os exames que queríamos fazer e, ainda, podemos escolher as perguntas que queremos fazer!

Por isso, amigos, tentem ver sempre as coisas pelo lado positivo porque ele existe sempre!

Beijinhos de um mera aluna na mesma situação que vocês.

Colabora!

Este texto faz parte de uma série de textos de opinião de alunos do ensino secundário e superior sobre a sua visão do ensino e da educação.

Gostavas de publicar um texto? Colabora connosco.