(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Tanto a Universidade de Coimbra como a Universidade de Lisboa suspenderam as atividades presenciais devido ao surto de coronavírus em Portugal.

A Universidade de Coimbra suspendeu, por um período mínimo de 15 dias, as atividades letivas presenciais, incentivando o ensino à distância. A medida vem no seguimento do Plano de Contingência de prevenção do ​​​​​​​Covid-19.

A instituição anunciou, esta segunda-feira, que foram também suspensas as atividades científicas, culturais e desportivas no mesmo período. Segundo a Universidade, as refeições nas cantinas serão substituídas por um sistema de “take-away”.



Em comunicado, a Universidade de Lisboa anuncia que vai suspender também as atividades letivas presenciais, “procedendo à sua substituição, sempre que possível, por outros meios de ensino, permitindo o acompanhamento das atividades escolares agora suspensas, através de instrumentos de ensino à distância”.

Os estudantes nas residências desta universidade são aconselhados a regressar às suas residências habituais. As bibliotecas, salas de estudos, refeitórios e atividades físicas e desportivas, no Estádio Universitário e demais escolas da universidade, têm o funcionamento suspenso.