(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

De acordo com a segunda edição do ranking ‘The University Impact Rankings’, do Times Higher Education, a Universidade de Coimbra é a instituição que, em Portugal, melhor desempenho global teve no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

Na primeira vez que integrou este ranking, a instituição de ensino superior destacou-se no lugar 62.º (num total de 766 instituições) onde constam outras 9 instituições de ensino superior portuguesas, mas é a única portuguesa no top 100.

Como revela o comunicado enviado, foi nos “objetivos da Saúde e Bem-estar, Vida Marítima, Erradicação da Pobreza, Indústria, Inovação e Infraestruturas e Parcerias para a Implementação de Objetivos que a Universidade de Coimbra” mais de destacou.



E a maior pontuação foi alcançada no domínio da Saúde e Bem-estar, sendo que a Universidade de Coimbra ocupa o 17º lugar em 620. Para tal, como destaca a instituição de ensino, “foi determinante o contributo da UC para o Serviço Nacional de Saúde, nomeadamente o apoio às decisões políticas governamentais na gestão da saúde, a qualidade e quantidade da formação de profissionais de saúde e iniciativas inovadoras, como o Ageing Coimbra ou a M8 Alliance”.

Outro dos elementos decisivos diz respeito ao facto de a Universidade de Coimbra “ser uma das poucas instituições a nível mundial a prestar serviços médicos a toda a comunidade académica”.

O University Impact Ranking, refira-se, pretende avaliar “o sucesso global das universidades no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”. E para elaborar este ranking é tida em conta a forma como “a investigação, o ensino e a gestão das instituições contribuem para o alcance dos ODS definidos pelas Nações Unidas, constituindo-se como o único instrumento mundial de avaliação destes compromissos”.

O ranking é liderado pela Universidade de Auckland da Nova Zelândia, seguido pelas australianas Universidade de Sydney e pela Universidade do Oeste de Sydney. Podes consultar todos os resultados dos Impact Rankings 2020 das instituições de ensino superior portuguesas em baixo: