(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

O U.S. Best Global Universities Rankings 2016 distinguiu a Universidade de Lisboa como a instituição de ensino superior portuguesa melhor classificada no seu ranking deste ano. A revista norte-americana colocou-a como a 106.ª melhor universidade europeia e a 240.ª do mundo entre 750 instituições.

Este ranking analisou 12 indicadores para classificar estas instituições de mais de 60 países, com grande destaque para critérios ligados à investigação, à publicação científica das instituições e à sua reputação nacional e internacional.

A Universidade de Lisboa (ULisboa) melhora a sua posição relativamente ao ano anterior, subindo 25 posições a nível mundial e 7 a nível europeu, de acordo com o divulgado no seu site.

Outras cinco instituições de ensino superior portuguesas podem ser encontradas neste ranking: a Universidade do Porto (UPorto) (322.º lugar mundial), a Universidade de Coimbra (UC) (405.º lugar), a Universidade do Minho (UM) (457.º lugar), a Universidade de Aveiro (UA) (471.º lugar) e a Universidade Nova de Lisboa (NOVA) (477.º lugar).

Além do ranking geral são analisadas 21 áreas de investigação, nas quais podemos encontrar instituições portuguesas em 10 delas. Sete delas são dominadas a nível nacional pela Universidade de Lisboa com destaque para as Ciências da Agricultura, a Engenharia e a  Matemática. A Universidade do Porto aparece melhor classificada na área da Biologia e Bioquímica e da Farmacologia e Toxicologia, e a Universidade de Aveiro na das Ciências dos Materiais.

A universidade de Harvard lidera a classificação, seguindo-se do MIT – Massachusetts Institute of Technology e de Berkeley, todas instituições dos EUA. A melhor instituição europeia é a Universidade de Oxford, britânica, que ocupa a 5.ª posição.

Deixamos aqui uma tabela completa dos dados das instituições portuguesas, onde consta também a Universidade do Algarve que, embora não conseguindo uma posição na classificação geral, aparece em destaque numa das áreas analisadas: